Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Romantismo por onde andas??

Hoje o meu lado mais romântico parece estar evidênciado, é da música...logo pela manhã lembrei-me de ouvir um grupo de belos “rapazes”, que para além de serem belos, cantam muitissímo bem, falo por tanto dos “IL DIVO”. Ao ouvir o tema “The man you love” dei por mim a pensar que é feito dos homens românticos meu Deus...onde estão eles para nos cantarem estas palavras, e nos fazem sonhar que nem umas tolas com um amor perfeito?
Parece que com o passar dos tempos e a cada geração esse dito romantismo se perde cada vez mais, hoje em dia mais parece um sinal de fraqueza ser-se romântico, chegam mesmo a chamar esse sentimento de pindérico e patético. Os poucos que ainda o usam apenas o fazem no momento da conquista e enquanto a mesma dura.
Na minha opinião este é um dos motivos que faz com que cada vez hajam mais divórcios e menos casamentos, tal qual mostra a estatistica. Nos dias de hoje as mulheres tem que ser tão independentes quanto os homens, e tão pouco românticas quanto eles, e “gozar” até com os pobres coitados que ainda têm gestos de cavalheirismo e romantismo. Como em tantos outros temas vivemos para a sociedade e pelas regras impostas por esta. É mais que certo que todas gostamos de ser mimadas, e tratadas com algum romantismo, mas não o demostramos porque a sociedade não nos “deixa” também como os homens corremos o risco de ser gozadas pelas colegas e amigas, aquelas encalhadas que parece ficarem para “tias” que na verdade são umas “mal amadas” embora sonhem com o dia em que tudo mudará.
Muito antes dos anéis de brilhantes que emolduram os dedos de algumas, queremos aquelas palavras bonitas que nos foram dedicadas, os ramos de flores recebidos em casa com um bilhete amoroso a acompanhar, o chegar a casa e sermos recebidas com aquele jantar (que pode até não estar muito bom mas) que acompanha com todo o clima de uma boa música...as velas...aqueles pequenos gestos que nada têm de materiais, e que nos fazem sorrir, “aqueles sorrisos” dos mais verdadeiros que podemos ter, que nos fazem ver um lindo sol pintado num céu do mais cinzento possível, que nos faz brilhar o olhar mesmo naqueles dias em que tudo corre mal...enfim!!!
E não será isto mulheres, que todas nós procuramos??? Suponho que sim...no que diz respeito à minha pessoa posso dizer simplesmente...canta-me apenas estas bonitas palavras, e se não souberes cantar não tem importância, dedica-me apenas a música, oferece-me um flor e sente comigo cada palavra cantada e certamente serás   “The man that I love”...
The Man You Love
Si me ves hallarás en mis ojos el amor
eres tú la mitad que a mi vida completó
Lo que soy te daré sin miedo a algun error
creo en ti y dejaré en tus manos mi ilusión.
Quiero estar dentro de tu corazón,
Poder lograr que me ames como yo.

I only wanna be the man
to give you everything I can
every day and every night
love you for all my life.
I don't wanna change the world
as long as you're my girl
it's more than enough,
just to be the man you love.

Quiero ser el lugar donde puedas refugiar
el temor y calmar en mis brazos tu ansiedad
Desde hoy voy a ser todo para ti
Hasta ayer te soñé y ahora estás aquí
Quiero oir tus secretos, lo que sueñes descubrir,
quiero amarte así.

I only wanna be the man
to give you everything I can
every day and every night
love you for all my life.
I don't wanna change the world
as long as you're my girl
it's more than enough,
just to be the man you love.

I only wanna be the man
to give you everything I can
every day and every night
love you for all my life.
I don't wanna change the world
as long as you're my girl
it's more than enough,
just to be the man you love.

Just to be the man you love
sinto-me:
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Nesta farsa perfeita à volta de mim - Por Álvaro Giesta

Nesta farsa perfeita à volta de mim<br>Por Alvaro Giesta Estou já desperto mas durmo ainda.
Sinto meu corpo dorido
e ferido
desta dor que não finda.
Estou febril de pensar.
Febril de ser e de não ser,
também.
Febril por viver e não saber viver
de não saber sair deste torpor que me entorpece
e adormece a alma.

Nada me acalma já!
Vivo assim…
Tudo está onde não está
tudo é incorpóreo, estagnado e parado
dentro de mim.
Quero acordar deste meu sono
e continuar eternamente em vigília
neste meu sonho de não saber
sonhar.

Sempre o mesmo querer
entre estes meus dois mundos
de mim perdido,
entre a profundeza de um céu
distante
e a lonjura turbulenta de um mar
ferido.
Um e outro dentro de mim interpenetram-se
e numa mistura de sonhos
em luta constante completam-se
sem qualquer sentido.

Sopra um vento de cinzas perdidas
no ar
mil propósitos mortos sobre o que sou
quando de mim
desperto meio absorto.
Chego a pensar que é coisa ruim
que cai dum céu sem remédio
porque neste meu sonho mórbido
quase morto
já nem sei gerir este tédio.

Inerte, uma angústia manuseia-me a alma
por dentro.
Entorpeço-me.
Deixo-me boiar num oceano distante
e dormir.
Nem sei se sinto como toda a gente
sente,
muito menos se quero sentir.
Já nada me acalma!...
De tudo me minto.
Aborreço-me
do que faço e não faço
já nem me levanto se me sinto
a cair.

Nesta espécie de realidade que surge
neste sonho acordado
perco-me de mim
ausento-me de tudo
e de tudo me sinto algemado.
Canso-me num fogo que arde e me consome
invisível
na bruma da tarde;
canso-me de ser como sou
de dar-me como me dou
neste mundo indivizível.

Perco-me nos passos do chão
que piso…
Sonho e perco-me neste enredo de sonhos
que sonho
nesta ânsia passiva
que nem sequer é coisa nova.
Abomino-me até ao cansar-me
dos sonhos que sonho na vida
e não realizo.
Sinto esta farsa perfeita
à volta de mim, que me envolve
e estreita
e me empurra p’ra cova.


in " www.rostos.pt "Alvaro Giesta (pseudónimo)

Não é meu, mas é da familia bem próxima por isso não tinha como não publicar!

sinto-me:
Pensado por Lucy às 15:33

Link do pensamento | O que pensas tu? | favorito
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

Amei-te em segredo!!!

Poucas horas passaram desde trocamos as últimas e vaga palavras, mas sinto a tua falta como se de uma eternidade se fala-se...
...sinto falta do teu “bom dia” risonho...
do teu “boa tarde” animado...
 e o deu “até amanhã” saudoso...
vontade louca de saber de ti, mas não posso, não devo...
porque me pediste...
porque para ti é o caminho mais fácil, voltar atrás do que seguir em frente...
acomodaste a uma situação que dizes não gostar, mas no entando nada fazes para a mudar, és cobarde de mais para isso...
antes preferes viver uma vida sem sentido, sem sabor
do que viver uma paixão sincera sem saber para onde nos leva e sem saber o quanto durará, mas sabendo no entando que será intensa...
que será tão nossa...
que nos dá o melhor que da vida se leva...
o amor...
Quantos tem o previlégio de amar e ser amados???
Quantos alguma vez sentiram tal coisa???...
poucos, e desses poucos, outros tantos tolos deixam escapar o sentimento...como tu!
...porque se cruzaram nossos caminhos se não para ficarmos juntos???
Que provação é essa???
...a minha alma chora, mas sigo em frente, de coração partido, mas sem que me arrependa de coisa alguma...
só quem ama e quem sofre vive realmente...
fecho os olhos e recordo-te em dias ensolarados,
os beijos trocados,
as palavras faladas,
o amor jurado...
e é isso que irei recordar, para sempre!
E no fundo sinto-me feliz...porque vivenciei a expriência de amar...
Amei-te, mesmo em segredo!!!
 
Beijo doce

Lucy...

sinto-me:
Pensado por Lucy às 13:17

Link do pensamento | O que pensas tu? | favorito

Minha alma Jaz

"A minha alma jaz em mil pedaços
Que nem sequer sabia que existiam
O coração um monte de estilhaços
Que nem sequer sabias que sentiam.
 
Entraste em minha vida um vento irado
À procura de razões que ainda não tinhas
Só agora, na fuga dos teus passos
Encontrei as respostas que querias…
 
Quando me pediste o mundo não o tinha
Nunca havia cruzado o meu caminho
Mas, quem sabe, talvez ter-te nos meus braços
Jamais tenha feito parte do destino
Que Deus desenhou nestes meus traços.
 
E o que mais magoa nesta minha mágoa
É que sei que tive a chance de reter-te
Mas às lágrimas feridas que não choro
Neste serão triste em que entristeço
Pergunto: como poderia eu querer conhecer-te
Se eu nem a mim mesma reconheço?..."
Não é de minha autoria, mas de alguma forma identifiquei-me nos versos!
sinto-me:
Pensado por Lucy às 10:59

Link do pensamento | O que pensas tu? | favorito
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

Último adeus...

Vejo nos raios de sol que entrar por esta sala o teu sorriso espelhado...
nas ondas do vento ouço-te sorrir...
numa leve brisa sinto teu toque...
sinto-te...como se fizesses amor com os meus olhos, como se te perdesses em meus lábios, como se fosses a minha alma...
Não sinto mágoa...talvez nem sinta dor, tenho um sorriso e um brilho nos olhos porque te transformaste em cada momento que é meu.
Não te toco...não te vejo...não sinto teu cheio no ar...mas sinto-te em folha folha que viaja no vento, em cada pássaro que entoa seu cantico...Escolhi-te à muito, sem tão pouco me terem perguntado, para encheres de cor minha vida...mas a escolha foi errada...partes afinal, porém tudo que de bom criaste em mim e nas minha memórias continuarão vivas no meu coração...
És as pegadas na areia que o mar não apagará, és a primeira chama que se acendeu no meu coração...e a tua memória ficará em mim...és aquele que me ensinou a amar, a sorrir com um sorriso teu, a ver a vida com outros olhos...a ser mulher...Caminhaste sem medo de te perderes num caminho que não conhecias...
Por mais que um dia possa amar alguém, nunca esse amor terá a beleza e a ingenuidade deste que ainda está latente em mim, e por maior que seja, nunca irá apagar as tuas pegadas do meu coração...
És único, não porque sejas diferente, mas porque tens uma marca espepcial para mim, partilhamos aquilo que nunca seria o mesmo se partilhados por outros, conseguiste dentro de mim a imagem que tens...posso não te ver, pode ter tido um fim esta linda história...mas permanecerás sempre dentro do meu coração...como meu primeiro grande amor!
beijo doce
Lucy
sinto-me:
Pensado por Lucy às 17:26

Link do pensamento | O que pensas tu? | favorito

.E assim sou eu...

.Pesquisar pensamentos

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pensamentos Recentes

. Saudade...

. Contigo

. Que o vento te leve…

. Pensamento solto...

. Baptizado do Guilherme di...

. 7 meses, 1 semana e 4 dia...

. Novidades

. Consulta do 2º mês

. A boa disposição...

. Consulta do 1º mês

.Arquivos

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Outubro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

.tags

. todas as tags

.Outros pensamentos

.subscrever feeds