Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Nesta farsa perfeita à volta de mim - Por Álvaro Giesta

Nesta farsa perfeita à volta de mim<br>Por Alvaro Giesta Estou já desperto mas durmo ainda.
Sinto meu corpo dorido
e ferido
desta dor que não finda.
Estou febril de pensar.
Febril de ser e de não ser,
também.
Febril por viver e não saber viver
de não saber sair deste torpor que me entorpece
e adormece a alma.

Nada me acalma já!
Vivo assim…
Tudo está onde não está
tudo é incorpóreo, estagnado e parado
dentro de mim.
Quero acordar deste meu sono
e continuar eternamente em vigília
neste meu sonho de não saber
sonhar.

Sempre o mesmo querer
entre estes meus dois mundos
de mim perdido,
entre a profundeza de um céu
distante
e a lonjura turbulenta de um mar
ferido.
Um e outro dentro de mim interpenetram-se
e numa mistura de sonhos
em luta constante completam-se
sem qualquer sentido.

Sopra um vento de cinzas perdidas
no ar
mil propósitos mortos sobre o que sou
quando de mim
desperto meio absorto.
Chego a pensar que é coisa ruim
que cai dum céu sem remédio
porque neste meu sonho mórbido
quase morto
já nem sei gerir este tédio.

Inerte, uma angústia manuseia-me a alma
por dentro.
Entorpeço-me.
Deixo-me boiar num oceano distante
e dormir.
Nem sei se sinto como toda a gente
sente,
muito menos se quero sentir.
Já nada me acalma!...
De tudo me minto.
Aborreço-me
do que faço e não faço
já nem me levanto se me sinto
a cair.

Nesta espécie de realidade que surge
neste sonho acordado
perco-me de mim
ausento-me de tudo
e de tudo me sinto algemado.
Canso-me num fogo que arde e me consome
invisível
na bruma da tarde;
canso-me de ser como sou
de dar-me como me dou
neste mundo indivizível.

Perco-me nos passos do chão
que piso…
Sonho e perco-me neste enredo de sonhos
que sonho
nesta ânsia passiva
que nem sequer é coisa nova.
Abomino-me até ao cansar-me
dos sonhos que sonho na vida
e não realizo.
Sinto esta farsa perfeita
à volta de mim, que me envolve
e estreita
e me empurra p’ra cova.


in " www.rostos.pt "Alvaro Giesta (pseudónimo)

Não é meu, mas é da familia bem próxima por isso não tinha como não publicar!

sinto-me:
Pensado por Lucy às 15:33

Link do pensamento | O que pensas tu? | favorito

.E assim sou eu...

.Pesquisar pensamentos

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pensamentos Recentes

. Saudade...

. Contigo

. Que o vento te leve…

. Pensamento solto...

. Baptizado do Guilherme di...

. 7 meses, 1 semana e 4 dia...

. Novidades

. Consulta do 2º mês

. A boa disposição...

. Consulta do 1º mês

.Arquivos

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Outubro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

.tags

. todas as tags

.Outros pensamentos

.subscrever feeds